segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

AMPARO, O PORTAL DO CIRCUÍTO DAS ÁGUAS 
DADOS DO MUNICÍPIO: ÁREA GEOGRÁFICA: 447 Km2. DISTÂNCIA DA CAPITAL: 130 km; PERIMETRO URBANO: Amparo possui um perímetro urbano de 34 Km2, conta com 1.190 ruas, 33 praças públicas e 4 parques, também engloba os Distritos de Arcadas e Três pontes. Possui aproximadamente 12.500 imóveis, dos quais 1.400 são apartamentos e 11.100 casas. HIDROGRAFIA: A bacia hidrográfica do Rio Camanducaia conta com 8.950 hectares e a bacia hidrográfica do Rio Jaguari com 5.170 hectares. ECOSSISTEMA: Vegetação típica da Serra da Mantiqueira. Transição da Mata Atlântica. RELEVO: Fortemente acidentado. ALTITUDE: 647m em relação ao nível do mar. TEMPERATURA MÉDIA: 24o C POPULAÇÃO: Urbana: 43.351. Rural: 17.064 Total: 60.415 habitantes (IBGE 2000), 2004: estimativa 64.000 habitantes. LIMITES MUNICIPAIS: Norte: Serra Negra e Itapira Sul: Morungaba Leste: Monte Alegre do Sul e Tuiuti Oeste: Pedreira, Jaguariúna e Santo Antônio de Posse; DATAS COMEMORATIVAS: Fevereiro: Carnaval; 8 de abril: Aniversário da cidade (Fundação: 1829); Emancipação: 1857). Julho: Festival de Inverno (foto); 8 de setembro: Padroeira do município, Nossa Senhora do Amparo, e Dezembro: Festas Natalinas durante todo o mês (foto).
EVENTOS: FESTIVAL DE INVERNO (Com grandes nomes da nossa MPB); O MELHOR CARNAVAL DA REGIÃO... E NO NATAL A CIDADE SE  ORNAMENTA PARA COMEMORAR A IMPORTANTE DATA...
ECONOMIA PREDOMINANTE: Indústria, agricultura e comércio. Amparo é uma das principais cidades produtoras de chuchu do Brasil, e conta com um grande pólo de confecção infantil.;VIAS DE ACESSO: Para Jaguariúna e Pedreira: SP-95 rodovia João Beira, Para Santo Antônio de Posse: rodovia da SP-107 Prefeito Aziz Lian, Para Itapira: rodovia SP-352, Para de Morungaba: rodovia SP-360 prefeito Constâncio Cintra, Para Monte Alegre do Sul: rodovia Pedrina Valente, e Para Tuiuti: rodovia Benevenutto Moretto e a SP-95.

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

AMPARO E SUA GEOGRAFIA (2)

"Amparo - O Portal do Circuito das Águas" A cidade de Amparo, nasceu oficialmente em 8 de abril de 1829 quando foi elevada a Capela Curada. Sua fundação real, entretanto, esconde-se no final do século XVIII. A cidade está, portanto, no rumo dos 200 anos. Fragmentos desses tempos não existem mais na zona urbana. No entanto, das edificações e do traçado urbano do século XIX, dos tempos da implantação das lavouras cafeeiras no município, dos tempos do apogeu e decadência dessa cultura, muito pode ser constatado. Das casas de porta e janela aos palacetes, dos edifícios religiosos aos prédios dos hospitais, das ruas de paralelepípedos aos jardins, tudo respira uma atmosfera coerente e uniforme. Nessa paisagem constata-se o gosto pela tradição clássica que permeou todo o século XIX e início do século XX e que selou, definitivamente, o lugar comum entre o urbanismo e a arquitetura.
Como chegar em Amparo? Para sua maior facilidade, aqui você encontra as distâncias entre as três capitais mais próximas e um mapa com as rotas mais utilizadas para chegar à Estância Hidromineral de Amparo.(1) - São Paulo x Amparo- Distância :125 km via SP-348 "Bandeirantes" De São Paulo a Jundiaí (58 km). Em seguida pegar a rodovia SP-360 Eng. "Constâncio Cintra" sentido Itatiba/Amparo (mais 67 km). Há 2 pedágios nesse trajeto
(2) - Rio de Janeiro x Amparo - Distância: (507 km) via BR 116 "Presidente Dutra"Sentido Resende-RJ até altura da cidade de Jacareí-SP. Do Rio de Janeiro a Jacareí (364 km). Em seguida pegar a rodovia SP-065 "D. Pedro I" passando por Atibaia até a rodovia SP-360 Eng. "Constâncio Cintra" De Jacareí a Atibaia (120km). E em seguida pegar a rodovia SP-360 Eng. "Constâncio Cintra" De Atibaia a Amparo (78 km) Nesse trajeto há 5 pedágios.(3) - Belo Horizonte x Amparo - Distância: (566 Km) via BR-381 "Fernão Dias" Na altura da cidade de Vargem pegar a rodovia SP-063. De Belo Horizonte a Vargem (472 km). Em seguida pegar a rodovia SP-063 até Bragança Paulista. De Vargem a Bragança Paulista (13 km). Em seguida pegar a rodovia SP-008 "Pedro Asteroni Marigliani" até a rodovia SP-095 sentido Tuiuti/ Amparo. Em seguida pegar a rodovia SP-360 "Eng. Constâncio Cintra". De Bragança Paulista a Amparo (46 km) obs: nenhum pedágio nesse trajeto

sábado, 10 de novembro de 2012

AMPARO, A CIDADE CENÁRIO (1)

"Velhos casarões, lindas fazendas, fazem de Amparo uma cidade repleta de cenários vivos, que retratam  os áureos tempos do Barões do café. Esse rico patrimônio, atualmente é muito utilizado para a realização de grandes filmes e novelas que marcam época nas grandes redes de Televisão. 
.CITY TOUR - O city tour constitui num passeio pelos principais eixos formadores da cidade. Nesse trajeto podem ser vistas diversas casas, sobrados, edifícios, chácaras e igrejas de diferentes épocas da formação da cidade. hotéis campestres. Com destaque para a Catedral Nossa Senhora do Amparo e suas residências ao redor; rua XV de novembrocom destaque para a casa onde nasceu Franco da Rocha, a casa onde morou Bernardino de Campos e Francisco Prestes Maia; igreja do Rosário e Museu Histórico Bernardino de Campos.
Mas as grandes atrações do município são suas fazendas, entre as quais muitas se destacam, como a
FAZENDA ATALAIA,
que alia cultura, ecologia e gastronomia. Essa fazenda oferece ao visitante um belo cenário do turismo rural do município. Nela você pode participar da ordenha das vacas leiteiras, alimentar os animais, conhecer o processo de beneficiamento do café; fazer uma caminhada passand
o por plantações, mata nativa, casas de pedra e antigo leito de estrada de ferro da Companhia Mogiana, além de saborear um delicioso café com produtos da própria fazenda.
FAZENDA ENGENHO DAS PALMEIRAS -
Propriedade de grande beleza e singularidade, serviu de cenário para as gravações da novela "O Rei do Gado" da TV Globo.Com belíssimas pinturas do início do século XX nas paredes internas e nos tetos da casa sede é a única fazenda na região que funcionou um antigo engenho de cana de açúcar. No interior da sede encontra-se também móveis, lustres e outros objetos da época áurea do ciclo do café. FAZENDA SÃO
SEBASTIÃO- com cenário cinematográfico, já foram gravados vários comerciais e minisséries para TV, entre eles o filme "A Carne" (romance erótico de Júlio Ribeiro, 1977) e a novela "Os Imigrantes" (Tv Bandeirantes, 1985). Hoje ela conta com um dos restaurantes mais procurados pelos visitantes, servindo pratos sofisticados em um local rústico e original, numa antiga casa de colono. Além de deliciar saborosos pratos o visitante ainda pode descansar em uma rede sobre a sombra das árvores ou descontrair-se num passeio de pedalinhos.. MUNDÃO DE TRILHAS - Localizada nos últimos contrafortes da Serra da Mantiqueira, a Reserva Ecológica Mundão das Trilhas, como a Serra dos Feixos, com mais de 314.000 m² de área verde onde se pode percorrer mais de 5 Km de trilhas espalhadas em 25 percursos diferentes. Com níveis de caminhada leve, média e forçada é um ótimo local para apreciar a natureza passando por riachos, vales, piscinas naturais e cavernas. Além de oferecer uma área para camping e prática de esportes radicais como rapel e tiroleza SÍTIO DUAS CACHOEIRAS - O Sítio Duas Cachoeiras é uma área rural localizada na região da Mantiqueira. Desde 1985, a equipe do SDC, formada por professores, biólogos, agrônomos, veterinários e pedagogos, vem desenvolvendo Projetos Educacionais de forma interdisciplinas e transdisciplinar. Considerando a pratica pedagógica como extensão das realidades sociais, culturais e ambientais, o Sítio procura criar propostas de trabalho que estimulem o espírito de criação e de pesquisa no educando. Com o intuito de sensibilizar e estudar a diversidade dos temas, e a riqueza dos elementos, foram delineados vários projetos educacionais.
CHÁCARA N.S.de FÁTIMA - Fica no Condomínio "Monte Castelo", a 3km do centro de Amparo. Faz divisa com a Fazenda Paraíso, onde foi gravada a novela "Os Imigrantes". A chácara é dotada de boa área de lazer e localizada num local de onde se descortina ampla e privilegiada vista desta bela região do Circuíto das Àguas.

UM POUCO DA NOSSA HISTÓRIA - (2)

"Com seus velhos casarões, retratos de uma época que não volta mais, Amparo emerge para o futuro, confiante na força de um povo que não parou no tempo!" Amparo, o Portal do Circuíto das Águas...
Passeando a pé pela cidade você vai conhecer parte de Amparo, que também justifica este "slogan": “A Capital Histórica do Circuito das Águas”. Verá que ela justifica esta denominação. Quem viajou pelo interior do Estado de São Paulo constatou que a grande maioria das cidades descaracterizou, quase que na totalidade, a sua paisagem urbana do passado. Em Amparo deu-se o contrário. Quer pela ação protetora do Condephaat, quer pela ação consciente da sua população, boa parte da cidade do passado foi preservada. Assim, pudemos guardar para nós mesmos e para o futuro, o testemunho daquilo que nos precedeu. A cidade nasceu oficialmente em 8 de abril de 1829 quando foi elevada a Capela Curada. Sua fundação real, entretanto, esconde-se no final do século XVIII. Na verdade está a caminho dos seus 200 anos. Fragmentos desses tempos não existem mais na zona urbana. No entanto, das edificações e do traçado urbano do século XIX, dos tempos da implantação das lavouras cafeeiras no município, dos tempos do apogeu e decadência dessa cultura, muito pode ser constatado. Das casas de porta e janela aos palacetes, dos edifícios religiosos aos prédios dos hospitais, das ruas de paralelepípedos aos jardins, tudo respira uma atmosfera coerente e uniforme. Nessa paisagem constata-se o gosto pela tradição clássica que permeou todo o século XIX e início do século XX e que selou, definitivamente, o lugar comum entre o urbanismo e a arquitetura. Marcaram época as chamadas da Rádio Cultura Municipal-FM (foto à dir.), convidando os turistas a virem conhecer as atrações de Amparo, especialmente, a que destacava a parte histórica da cidade:                  

NOSSO AGRADECIMENTO A AMPARO:

Nesta homenagem que a familia Kirsten presta à cidade de Amparo e a sua laboriosa população, além de merecida, está acompanhada da nossa mais sincera gratidão. Nossa família sempre foi acolhida e respeitada pelo povo desta terra amparado pelo manto sagrado de N.S do Amparo. Por outorga da nossa colenda Câmara Municipal, fomos honrados com os titulos, de Cidadão Amparense e Cidadão Benemérito. Durante 20 anos tivemos o privilégio de dirigir a Radio Cultura-FM - primeira emissora municipal do estado de São Paulo, e a segunda do Brasil, e sempre procuramos usar seus microfones para as boas causas e sobretudo para divulgar as belezas de Amparo abertas ao mundo! Criamos slogans controvertidos, e outros bem acolhidos como Amparo o portal do Circuíto das Águas, e por último: Amparo a capital histórica do Circuito das Águas. Aqui nesta bela estância já estamos há cerca de três décadas. Este blog foi aberto para mim, pelo meu filho Roberto, na cidade de Dallas (TX) e hoje leva o nome de Amparo para todos os Continentes do Mundo, pois daqui é comandado e inspirado diáriamente. Vários são os motivos que nos ligam a esta acolhedora cidade e ao seu povo, do qual orgulhosamente fazemos.parte. Com a nossa sincera amizade e eterna gratidão!

-Fim-

1º ALBUM-= MINHA PARTICIPAÇÃO ATIVA NO EDA

ESQUADRILHA DA FUMAÇA -- A Revist@-do-@R oferece com muito orgulho este espaço cativo à Esquadrilha da Fumaça, numa justa homenagem a sua qualidade ímpar, de quem melhor do que ninguém representante o nosso País, levando a nossa bandeira e a raça de um povo aos quatro cantos do mundo! Aqui, você encontrará também um resumo de sua história repleta de eventos memoráveis, alguns muitos marcantes, dos quais tivemos a honra de participar ao longo de duas décadas de uma história gloriasa que vem sendo escrita há mais de meio-século, por competentes Pilotos, Mecânicos e Máquinas!
Formada no Brasil, quase que discretamente pelos nossos próprios pilotos, a Esquadrilha deu seus primeiros passos (ou vôos), no ano de 1952, utilizando os aviões Norte-American conhecidos popularmente como T-6, que estavam sediados na Base Aérea dos Afonsos, no Rio de Janeiro, na época Academia da Força Aérea Brasileira. A pulverização do óleo deu a esse grupo o nome popular de Esquadrilha da Fumaça. Em 1969, foi incorporado o Fouga Magister mas como não podia operar em campos de terra, logo voltaram à arena os consagrados T-6. No fim de 1977, foi a vez do T-6 (foto abaixo), se aposentar. A Esquadrilha só retornou em 1982, desta feita como esquadrão permanente da nossa força aérea. A equipe foi equipada com o EMB-312 Tucano, produzido pela Embraer, aparelho de grande prestígio também, no exterior. Com a mudança de equipamento, a sede também trocou o Rio por Pirassununga-SP, onde está sediada a Academia da Força Aérea.
Como jornalista e amigo de dezenas de pilotos e mecânicos que ajudaram a escrever essa longa e brilhante trajetória da Esquadrilha da Fumaça, além da honra de tê-los como amigos, tive o privilégio de voar três vezes em seus aviões, inclusive no atual T-27 Tucano.O primeiro vôo foi no velho T-6 sob o comando do Cel. Braga, foto à esq.), já falecido. A história do Cel Braga, está intrinsecamente ligada à própria história da Fumaça. E vice-verso. Por isso, quando se fala desse grande esquadrão, não se poder deixar de agradecer e reverenciar o nome do seu maior "Às" de todos os tempos: Coronel Antonio Arthur Braga.


sexta-feira, 9 de novembro de 2012

EDA MINHA PAIXÃO (2)

Na minha adolescência, sempre sonhei em assistir a uma demonstração da Esquadrilha da Fumaça, o que era apenas uma simples quimera, para um jovem que nasceu e cresceu no distante subúrbio de Ermelino Matarazzo, zona leste de São Paulo, por lá vivendo por duas décadas. O meu bairro era ligado apenas por velhas composições de madeira e máquinas a vapor, da extinta "Estrda de Ferro Central do Brasil". O bairro era distante de qualquer vestígio de civilização: não dispunha de um só aparelho de telefone, não contava com nenhum tipo de melhoramento, como luz, água encanada, ônibus, asfalto, televisão e rádio. O único canal de comunicação de que dispunhámos era o jornal, isto, quando esporadicamente meu pai viajava para o centro da cidade. Naquele tempo, quando alguém ia do nosso bairro ao centro da cidade de São Paulo, sempre comentava com os poucos vizinhos exiistentes: "amanhã vou pra São Paulo". Com o passar do tempo, com o progresso lentamente chegando, novos sonhos também vieram. Numa atitude ousada para a época, deixei a casa de meus pais e fui para São Paulo, trabalhar em jornais, rádios e TVs. Já era um homem mais urbano. Lá me casei, e lá também nasceram meus filhos: Roberto e Lincoln. Anos mais tarde, para propiciar a minha família uma vida mais tranqüila, aceitei o convite do prefeito Adofo Mantovani de Águas de Lindóia, para dirigir o Departamento de Turismo. Para essa bela estância mudei com minha família, iniciando uma nova etapa na minha vida.
Em 2004, lancei o livro "Arquivos de um Répórter" ((Capa), no qual narro trechos da minha carreira profissional e todas as esperiências que vivi. Um dos capitulos do livro, intitulei de "O papel da aviação na minha vida", no qual destaco em primeiro plano, as minhas esperiências e ligações com o pessoal de várias gerações que escreveram a história singular da Esquadrilha da Fumaça" Depois da frustração em 1973, em 75 consegui uma apresentação da Esquadrilha da Fumaça num grande evento na cidade. Durante os três dias que a sua equipe lá permaneceu, fiz uma boa amizade com os fumaceiros da época, que me convidaram para participar da comemoração de 23º aniversário da Esquadrilha, no dia 9 de maio daquele ano.

OS GRANDES ASES DA FUMAÇA EM 1975
No Aeroporto Santos Dumont (RJ), foi feita esta foto ao lado dos integrantes da Esquadrilha da Fumaça, em 09 de maio de 1975. A partir da esq.: Borges, Ballock, Bertelli (um dos maiores pilotos civís da nossa aviação), Vergara, Soares Filho, RIK, Ribeiro Filho, Land e o Coronel Braga, comandante da Esquadrilha.
Aqui começou a ser rodado o meu filme na Esquadrilha da Fumaça: a convite do coronel Braga, fiz meu meu primeiro vôo num avião do EDA, no T-6, quando sobrevoavámos a imagem do Cristo, no alto do Corcovado. Durante décadas tenho acompanhado e participados de grandes momentos da Fumaça, os quais passarei a narrar a partir de agora....